sexta-feira, outubro 16

Azulejos que comunicam!



Basta uma canetinha própria e uma filha que saiba desenhar (no meu caso, que não desenho nem uma casinha).
Pode-se fazer hieróglifos modernos, inclusive, por toda a parede de azulejos, contar a história da família, da reforma da casa, das maluquices que passam pela sua cabeça...

Uma palavra rápida: Súbita

Repentina, inesperada, pronta. Súbita.
Idéia súbita - Genial
Morte súbita - instantânea
Afeição súbita - espontânea
Fome súbita - imprevisível
Felicidade súbita - livre!
Susto, súbito, sem preparação, ensaio, adequação, manipulação.
Uma verdadeira anarquia!
Tem gente que gosta, tem gente que se irrita, e tem quem morra de medo.
Eu gosto da emoção que causa, às vezes irrito - já que penso que comando tudo - e morro de medo. É a vida. Subitamente, foi isso que me veio à cabeça. Flashes súbitos de uma vida que obedece ao regime do tempo, nada súbito, completamente disciplinado e programado. Contradição? que nada, uma parceria perfeita. A balança é que está mal calibrada. Dá para consertar.

quarta-feira, outubro 7